Personals espanhol

Online service Videochat.chat is a best video chat website for online dating. This videochat has become popular for those who love webcam-based conversations and cam to cam chat rooms.Webcam chat with girls Los pronombres personales designan a los participantes en un discurso. Deben concordar con el sustantivo al que sustituyen en género y número. Aprende con Lingolia los tipos de pronombres que hay en español y practica en el apartado de ejercicios. En español yo, tú, él, ella (usted), nosotros, nosotras, vosotros, vosotras, ellos, ellas (ustedes) son los pronombres personales.El pronombre 'vosotros' se usa mayormente en España, y el pronombre formal 'usted' se usa más en Latinoamérica; el plural 'ustedes' se usa tanto para situaciones formales como informales. A personal opinion, quality, or thing belongs or relates to one particular person rather than to other people. He learned this lesson the hard way–from his own personal experience. That's my personal opinion. ...books, furniture, and other personal belongings. The President arrived, followed by ... Formas personales y no personales 1. EL VERBO 2. El verbo Los verbos son las palabras que indican acciones, estados de ánimo o acontecimientos naturales. comer ... craigslist provides local classifieds and forums for jobs, housing, for sale, services, local community, and events Las formas no personales del verbo son el infinitivo, el gerundio, y el participio. Son llamadas formas no personales por carecer de una forma que indique su persona, número, modo o tiempo.Dichas formas no pertenecen a la conjugación verbal. NÍVEL: ESPANHOL BÁSICO : ---PÁGINA 1 DE 1. Yo soy el mejor jugador de fútbol. Eu sou o melhor jogador de futebol. T ... Online Dating at Match.com. Every year, hundreds of thousands of people find love on Match.com. Match.com pioneered the Internet dating industry, launching in 1995 and today serves millions of singles in 24 countries.Match.com continues to redefine the way single men and single women meet, flirt, date and fall in love, proving time and again that you can make love happen through online dating ... Los Pronombres Personales Tónicos en español - yo, tú, usted, él, ella, nosotros, vosotros, ellos, ustedes.

Nutrição desportiva lá fora

2020.06.04 15:06 A_user_stole_my_name Nutrição desportiva lá fora


Olá a todos.
Estou a postar porque estou a ficar cansada das propostas de emprego existentes na minha área (Nutricionista) em Portugal e esperava que talvez tivessem sugestões para me ajudar. As opções que temos são, ou estágios pelo IEFP sem garantias de permanência na empresa, ou recibos verdes ou trabalhar para empresas que vendem suplementos dietéticos (sem evidência científica) com objetivos puramente lucrativos mas que continuam a pagar precariamente aos nutricionistas que os "recomendam" e dão credibilidade. Além disso, tenho de pagar todos os anos 150€ á Ordem dos Nutricionistas para poder exercer e depois temos "personal trainers" que tiram uma formação de nutrição de uma semana e começam a cobrar por acompanhamentos nutricionais sem terem que pagar qualquer cota ou IVA (porque é considerado serviço de saúde).
Adoro nutrição desportiva. Aliás, desporto em si. Tanto durante a licenciatura (Dietética e Nutrição) como depois de a terminar (2018), fui enriquecendo o meu currículo com formações adicionais de teor desportivo. Durante um ano e três meses estagiei num clube da Primeira Liga Portuguesa (de estágio só tinha o nome, tendo em conta as funções e responsabilidades que me foram atribuídas). Também tirei o nível 1 de antropometria (ISAK) e atualmente (enquanto trabalho) estou a tirar uma pós-graduação pelo comité olímpico internacional (Sports Nutrition) que dá acesso direto ao mestrado na Universidade de Stirling, e posteriormente planeio tirar o doutoramento. A nível linguístico tenho um certificado Academic IELTS B2 mas estou a trabalhar para subir de nível. Desenrasco-me em espanhol mas não tenho nenhum certificado.
Esta área, em Portugal, ainda está muito pouco desenvolvida (daí ainda não existir formação específica cá - nível de mestrado ou superior) e, por enquanto, quando se fala de nutrição desportiva está-se limitado a empregos de ginásio e não há praticamente nada relacionado com acompanhamento a atletas de alto rendimento.
Para mim, é mais que um emprego. Considero-o a minha vocação e quero mesmo trabalhar nesta área. Entristece-me que o meu país disponibilize tão poucas oportunidades portanto estou a considerar emigrar. Chegamos então ao objetivo do post. Queria saber que sugestões me possam dar e se alguém conhece a melhor forma de encontrar emprego lá fora (mantendo-me pela Europa) ou se sabem como me posso informar melhor. As pesquisas que fiz na Internet não devolveram grandes resultados.
TLDR: Quero informar-me acerca da melhor forma de encontrar emprego fora de Portugal na área de nutrição desportiva.
submitted by A_user_stole_my_name to PortugalLaFora [link] [comments]


2020.04.09 11:23 myholoic20 AKIM WILLIAMS: O BLACK ZEUS IFBB PRO

AKIM WILLIAMS: O BLACK ZEUS IFBB PRO
https://preview.redd.it/bifqtkjzfrr41.png?width=925&format=png&auto=webp&s=2789f287a11f62c4acd432883c6242716630dad3
Akim Williams e simplesmente um dos melhores fisiculturistas profissionais do planeta, com abdominais definidos e bracos enormes. Gracas aos seus 365 dias de treinamento por ano, tamanho e forca impressionantes, Williams sera sempre um dos principais adversarios do mundo do bodybuilding nos proximos anos.
Nascido e criado no Brooklyn, com descendentes em Granada, uma ilha na costa da Venezuela, no Caribe, em uma casa onde se falava uma combinacao de espanhol e ingles, ele e seus irmaos cresceram com apenas um pai. Atraves das licoes aprendidas por ele, Akim usou esportes e musculacao como uma saida para buscar o sucesso. Com uma classificacao no Olympia, Akim quer se qualificar novamente este ano e ajudar seus patrocinadores do Blackstone Labs a crescer no mercado internacional.
KS: O que podemos esperar da versao de Akim Williams de 2018?
AW: Vou me qualificar para o Olympia novamente! E com um fisico mais duro e preparado do que no ano passado. Nao fiquei satisfeito com meu desempenho no New York Show Pro no ano passado.
KS: Que mudancas voce fez no seu estilo de vida para conseguir isso?
AW: Eu tenho um personal trainer. No final, encontrei alguem que sabe o que faz!
Eu me sinto muito mais saudavel e mais completo. Sinto que meu treinamento e muito mais eficaz do que antes. Agora estou com Oscar Ardon. Ele permaneceu a margem nos ultimos anos, aceitando apenas alunos que, segundo ele, tem potencial. E diferente quando voce treina com alguem que realmente acredita em voce, em vez de lhe dizer o que fazer e nao apenas mostra movimentos.
KS: Akim, das poucas vezes em que nos encontramos pessoalmente, posso dizer que voce se expressa muito bem, nao e apenas uma massa de musculos e arroz de frango (risos).
AW: Sim. Eu quase terminei o curso de pos-graduacao (mestrado em MPA) em Administracao Publica. Gosto de coordenar programas sem fins lucrativos para ajudar as pessoas, principalmente por meio de programas de condicionamento fisico ou relacionados a criancas de baixa renda.
KS: O que o motivou a trabalhar com criancas?
AW: Minha infancia no Brooklyn. Ele nao tinha muitas opcoes. Havia muitos crimes onde ele morava. Ele queria retribuir por meio de programas de extensao para tornar as criancas mais saudaveis; educa-los para que eles saibam que tem escolhas alimentares e nutricao saudaveis.
KS: Voce esta competindo como fisiculturista profissional ha 4 anos, como voce ve a mudanca no setor de musculacao?
AW: Quando eu comecei, o juri estava pressionando "Massas monstruosas", mas agora esta voltando a estetica. Essa decisao foi arriscada, porque ha muitos seguidores que ainda querem fisicos de proporcoes impressionantes, no entanto, sou um verdadeiro competidor e sempre tento me adaptar as mudancas que o esporte exige, que faz parte do bodybuilding.
KS: Que conselho voce daria aos jovens de hoje que querem ser fisiculturistas?
AW: Que eles encontram algo unico em sua propria pessoa e no fisico; que eles projetam uma imagem pessoal exclusiva, que ajudara a identificar
e crie o proprio publico. Lembre-se de que e sempre sobre voce como pessoa, que vai alem de estar em um estagio de musculacao. Seja voce mesmo e encontre seus proprios pontos fortes e promova-os, midias sociais e fas vem sozinhos.
KS: Qual e a parte mais dificil de ser um fisiculturista profissional?
AW: De tudo o que voce tem e as vezes nao consiga o que voce pretendia! (risos) Todo fracasso e um passo em direcao ao sucesso, e e por isso que gosto de musculacao. O sacrificio que ele envolve realmente mede voce como pessoa. Ele permite que voce mostre suas verdadeiras forcas, mentais e fisicas, quando finalmente alcancar seu objetivo!
KS: Quais partes do seu corpo voce melhorou desde a sua ultima apresentacao no New York Show Pro?
AW: Sem duvida, o duplo biceps das costas, os isquiotibiais e a parte de tras dos ombros.
KS: Alguma mudanca na dieta em preparacao para a competicao deste ano?
AW: Nao, em relacao a dieta, apenas metodos de treinamento. Eu ainda como refeicoes saudaveis, alem de toneladas de aveia. Eu sinto que sempre estive na dieta certa, no entanto, ate recentemente, eu estava treinando muito duro como um levantador de forca. Agora que fiz muitos ajustes no meu metodo de treinamento, ele ja esta mais detalhado para musculacao, modelagem e os resultados estao funcionando muito bem para mim.
KS: Alguma dica de nutricao para iniciantes?
AW: NAO ALCANCE O CATABOLISMO! Na maioria das vezes isso acontece pulando as refeicoes, especialmente apos o treino intenso, sem consumir calorias suficientes atraves de proteinas e carboidratos ja esgotados. Mantenha o tanque cheio com uma refeicao apos o treino e um shake de proteina. Aos domingos ou dias de folga, eles sempre devem ser usados ??para preparar refeicoes. Tudo esta no estilo de vida, voce precisa tentar encontrar um parceiro que entenda. Minha namorada compete na categoria Bikini e sempre nos apoiamos.
AKIM WILLIAMS ATAQUE TREINAMENTO!
Treino nas costas:
4 conjuntos de pull-ups com grande aderencia 10 repeticoes
4 conjuntos de remo sentado com cabo 15 reps
4 jogos de remo inclinado com barra 15 repeticoes
4 series de remo com barra T 15 repeticoes
4 conjuntos de puxoes laterais com cabo de 15 reps
3 conjuntos de halteres puxa 15 repeticoes
3 conjuntos de hiper-extensoes 20 repeticoes
KS: Cite dois produtos em seu arsenal de musculacao que voce nao pode prescindir.
AW: Dust Extreme e Hype como pre-treinamento. Poeira me da um impulso extra e Hype, bem, digamos que me da "uma bomba maluca!" O Gear Support tambem e um dos meus produtos favoritos, pois mantem meu sistema limpo e ajuda o sistema endocrino e a prostata. PJ Braun, presidente da nossa empresa, pensou muito nesses produtos, eles funcionam muito bem! Nunca desista dos seus sonhos, quanto maior a vara, mais voce alcancara.
submitted by myholoic20 to u/myholoic20 [link] [comments]


2019.10.17 23:22 consultorseobiz rede credenciada unimed rio plano personal

rede credenciada unimed rio plano personal

rede credenciada unimed rio plano personal



https://preview.redd.it/dq7tgwlu46t31.jpg?width=2339&format=pjpg&auto=webp&s=9140bbefd6da78ded1f4cadf1d9bbeb2f71403f0
O plano de saúde Unimed Rio Personal é o produto mais comercializado na modalidade de planos coletivos da Unimed, devido a sua grande aceitação pelo público da terceira idade. O excelente atendimento principalmente quando falamos em médicos é o grande diferencial do plano. Atualmente a Unimed conta com excelentes redes próprias de atendimento, o que fideliza mais os seus clientes, afinal os hospitais e pronto atendimentos próprios da Unimed são de excelente qualidade.

Unimed Rio Personal é estadual?

O Unimed Rio Personal é um produto com atendimento estadual para todos os procedimentos. Ele também atende urgências e emergências fora do Estado do Rio de Janeiro, na rede própria através de intercâmbio.

Quais Hospitais Atendem Unimed Rio Personal?

  • Zona Central – (AMPARO FEMININO + CASA DE PORTUGAL + DR. ALOAN + H. ESPANHOL…)
  • Zona Sul – (AMIU BOTAFOGO + CS PINHEIRO MACHADO + CP DA LAGOA + RIO LARANJEIRAS…)
  • Zona Norte – (CS SANTA THEREZINHA + BALBINO + NORTE D’OR + VITAL + PRONTOBABY…)
  • Zona Oeste – (AMIU JACAREPAGUÁ + CSNS DO CARMO + HC JACAREPAGUÁ…)
  • Baixada – (DANIEL LIPP + SANTA BRANCA + HSCOR)

Quais Laboratórios Atendem Unimed Rio Personal?

  • BIO NEO LAB. ANATO E CITO
  • MMM. LAB. PATOLOGIA
  • BRONSTEIN
  • ELIEL FIGUEIRÊDO
  • LABORMED
  • BRANNE LABORATÓRIO
  • INST. DE ANÁLISES CLÍN. BANGU
  • LAB. DE ANÁLISES CLÍNICAS DR. BELIZÁRIO
  • LABORATÓRIO FERRARI
  • LABORATÓRIO HE
  • LABORATORIO LEON CARDEMAN
  • LAGO LAB – ANÁLISE CLÍNICAS
  • RIOLABOR MEDICINA LABORATORIAL
  • VALIANTE LABORATÓRIO DE PATOLOGIA
Agora que você conhece um pouco mais sobre o plano de saúde da Unimed Personal, solicite uma cotação personalizada com um de nossos corretores autorizados e tire todas as suas dúvidas antes da contratação. Se preferir entre em contato com o telefone (21) 4126-7778.
submitted by consultorseobiz to u/consultorseobiz [link] [comments]


2019.05.01 13:30 Greased_Stairs Help to bridge the international information divide between the true events in Venezuela and the mixed and biased reports coming from Venezuela

I am an American, far removed from the current events happening in Venezuela. I've seen the video thats been shared of people marching down a highway with the flow of people going from the left to the right of the screen, people who are walking are farthest from the camera, cars are mostly driving on the side of the highway closest to the camera. This video has been presented in different ways by different people. I face the same problem with other videos aswell. Same video, different presentation.
What I wish to ask is those who are currently living in Venezuela, those who know, those who are experiencing what is going on. Those who have access to the world. Is to risk. Risk what will be taken from you if dont.
If what Im confident is going on in Venezuela is true, which is governmental tyranny, as an American loving, American goverment hating individual, I ask is to upload your OWN videos of what is going on, with your reddit name shown in the video as a form of verification of where the clip originates, and voice what is happening, even if it's not in English, and there is no need to show your face.
I also ask those who can translate, to translate the videos of the redditors who upload into what ever languages you can, and check that other translations are accurate aswell.
I personally only speak english, I will google translate this entire post into spanish and Portuguese. I know that google translate isnt perfect so if you can more accurately translate this post please do, and I will update it accordingly.
Ayuda a cerrar la brecha de información internacional entre los verdaderos eventos en Venezuela y los informes mixtos y sesgados que provienen de Venzuelan
Soy un estadounidense, muy alejado de los acontecimientos actuales que suceden en Venezuela. He visto el video que se ha compartido de personas que marchan por una carretera con el flujo de personas que van de la izquierda a la derecha de la pantalla, las personas que caminan están más alejadas de la cámara, los autos en su mayoría están manejando en el costado de la cámara. Carretera más cercana a la cámara. Este video ha sido presentado de diferentes maneras por diferentes personas. Me enfrento al mismo problema con otros videos también. Mismo video, presentación diferente.
Lo que deseo preguntar es a los que viven actualmente en Venezuela, los que saben, los que están experimentando lo que está sucediendo. Los que tienen acceso al mundo. Es arriesgarse. Arriesga lo que se te quitará si no lo haces.
Si lo que estoy seguro de lo que está pasando en Venezuela es cierto, que es la tiranía del gobierno, como una persona estadounidense que odia y odia al gobierno estadounidense, le pido que suba sus PROPIOS videos, con su nombre reddit que se muestra en el video como un forma de verificación de dónde se origina el clip y voz sobre lo que está sucediendo, incluso si no está en inglés, y no es necesario que muestres tu rostro.
También les pido a los que pueden traducir, que traduzcan los videos de los redditors que se cargan en los idiomas que puedas, y verifico que otras traducciones sean precisas.
Personalmente, solo hablo inglés, traduciré esta publicación completa al español y al portugués. Sé que el traductor de Google no es perfecto, así que si puede traducir esta publicación con mayor precisión, hágalo, y lo actualizaré en consecuencia.
Ajudar a colmatar o fosso da informação internacional entre os verdadeiros acontecimentos na Venezuela e os relatórios mistos e preconceituosos que vêm de Venzuelan
Eu sou um americano, muito distante dos eventos atuais que estão acontecendo na Venezuela. Eu vi o vídeo que foi compartilhado de pessoas marchando por uma rodovia com o fluxo de pessoas indo da esquerda para a direita da tela, as pessoas que estão andando são mais distantes da câmera, os carros são principalmente dirigindo ao lado do estrada mais próxima da câmera. Este vídeo foi apresentado de maneiras diferentes por pessoas diferentes. Eu enfrento o mesmo problema com outros vídeos também. Mesmo vídeo, apresentação diferente.
O que eu gostaria de perguntar é aqueles que atualmente vivem na Venezuela, aqueles que sabem, aqueles que estão experimentando o que está acontecendo. Aqueles que têm acesso ao mundo. É arriscar. Risco que será tirado de você se não fizer.
Se o que eu estou confiante de que está acontecendo na Venezuela é verdade, que é a tirania governamental, como um americano amoroso, o governo americano odiando o indivíduo, peço é fazer upload de seus próprios vídeos do que está acontecendo, com seu nome reddit mostrado no vídeo como uma forma de verificação de onde o clipe se origina, e verbalizar o que está acontecendo, mesmo que não esteja em inglês, e não há necessidade de mostrar seu rosto.
Também peço a quem pode traduzir, traduzir os vídeos dos redditors que fazem o upload para qualquer idioma que você puder e verificar se outras traduções são precisas também.
Eu pessoalmente só falo inglês, eu vou traduzir o artigo todo em espanhol e português. Eu sei que o google tradutor não é perfeito, então se você pode traduzir com mais precisão este post, por favor, e eu vou atualizá-lo de acordo.
submitted by Greased_Stairs to vzla [link] [comments]


2018.07.05 09:46 kinglax Is codeine available over the counter in Portugal? (A codeína está disponível sem receita médica em Portugal?)

Hello, I am going to Europe for a few months to travel and apply for a Master's program in France this week. I was used to France selling codeine in it's pure forms over the counter as I regularly take codeine for a chronic coughing issue I have. It is the only medication that works for the condition and so I bought it regularly the last time I was in France. Last year about 3 months after I left the laws were changed and codeine became prescription only. I don't think a doctor will prescribe it to me as I buy my codeine for cheap from a person I know who brings it from Canada.
I do not want to travel internationally with my technically illegally obtained medicine so I am trying to find out where in Europe I can go to buy codeine for my trip and I cannot find reliable information on Portugal. I don't speak Portuguese but do speak Spanish, French and Italian fluently so I can get by with lusófonos quite well as there are many here in my hometown of Miami.
I called a pharmacy in Lisbon and the pharmacist said the specific product I asked for needed a prescription but I have read in a few places online that people have no problem buying Codeine or Tramadol over the counter in Portugal so I am trying to see if it would be worth my time to fly there for a few days and try and buy codeine.
If anyone can confirm for me the situation on buying it from pharmacies, the name of the products available and the types of syrups of pill combinations I would greatly appreciate it and even offer a few dollars/euros compensation for someone to physically go and check at their local pharmacy.
Thank you very much! I appreciate any help!
/P.S. sorry for any mistakes in my Portugese, I literally used Google Translate to get a direct translation of what I wrote/
Olá, Estou indo para a Europa por alguns meses para viajar e me inscrever para um programa de mestrado na França esta semana. Eu estava acostumado com a França vendendo codeína em suas formas puras enquanto eu regularmente tomo codeína para um problema de tosse crônica que eu tenho. É o único remédio que funciona para a doença e, por isso, comprei regularmente a última vez que estive na França. No ano passado, cerca de três meses depois que eu saí, as leis foram mudadas e a codeína passou a ser apenas prescrita. Eu não acho que um médico irá prescrever para mim como eu compro minha codeína para barato de uma pessoa que eu conheço que traz do Canadá.
Não pretendo viajar internacionalmente com o meu medicamento tecnicamente obtido por via ilícita, pelo que estou a tentar descobrir onde posso comprar codeína na Europa e não encontro informações fiáveis ​​sobre Portugal. Eu não falo português, mas falo espanhol, francês e italiano fluentemente para que eu possa conviver com lusófonos muito bem, pois há muitos aqui na minha cidade natal, Miami.
Liguei para uma farmácia em Lisboa e o farmacêutico disse que o produto específico que eu pedia precisava de receita médica, mas li em alguns lugares online que as pessoas não têm problemas em comprar Codeine ou Tramadol ao balcão em Portugal, por isso estou a tentar ver se valeria o meu tempo para voar lá por alguns dias e tentar comprar codeína.
Se alguém pode confirmar para mim a situação em comprar de farmácias, o nome dos produtos disponíveis e os tipos de xaropes de combinações de pílula eu agradeceria muito e até mesmo ofereceria uma compensação de alguns dólares / euros para alguém ir fisicamente e verificar em sua farmácia local.
Muito obrigado! Eu aprecio qualquer ajuda!
/P.S. desculpe por qualquer erro no meu português, eu literalmente usei o Google Translate para obter uma tradução direta do que eu escrevi./
submitted by kinglax to portugal [link] [comments]


2018.03.01 19:53 7b-Hexer Benvenida! Daaag! Hello! Ciao tutti! Bonjour! Hallo allerseits! Benvenuto! مرحبا! नमस्कार! こんにちは! Γεια σου! 你好! Hej!

我不知道这个小组需要多少钱,全世界有多少人可以使用reddit或语言障碍阻碍他们成为在线杂耍社区的一部分。这是一个实验,一个提议
我自己是德语母语,双语法语,英语是我的第三语言
我可以在西班牙语,意大利语和荷兰语中贡献一点
我对俄语,阿拉伯语,希腊语有着基本的见解,因此需要机器帮助来理解和翻译这些语言和其他所有语言。
我会尽力将至少每个标题文章翻译成我发现时间的许多语言。但是希望用户在他们觉得这样做的时候能够做到这一点。
所以,欢迎所有人,并且很快就会有国际杂志在这里!
Non so quanto ci sia bisogno di questo sottotitolo, quante persone in tutto il mondo hanno accesso a reddit o hanno una barriera linguistica che li ostacola a far parte della comunità di giocoleria online. È un esperimento, un'offerta.
Io sono nativo tedesco, bilingue francese, inglese è la mia terza lingua.
Posso contribuire un po 'in spagnolo, italiano, olandese.
Rudimenti in russo, arabo, greco. Quindi avrò bisogno di un aiuto per la macchina traductrice per capire e tradurre quelle e tutte le altre lingue.
Cercherò di tradurre almeno ogni post-titolo in tutte le lingue che trovo, e como trovo tiempo. Vi invito di fare stesso se volete.
Quindi, benvenuto a tutti e potrebbe esserci presto qualche giocoleria internazionale qui!
I don't know how much there is a need for this sub, how much people all over the world have access to reddit or a language barrier hinders them to be part of the online juggling community. It's an experiment, an offer.
I myself am native german, bilingual french, english is my third language.
I can contribute a bit in spanish, italian, dutch.
I had rudimental insights to russian, arab, greek, so will need machine help for understanding and translating those and all other languages.
I will try to translate at least every title-post into as many languages as I find time. But hope for users to do alike when they feel like doing so.
So welcome everyone and may there soon be international juggling here!
[ more translations pending ]
Je ne sais pas combien il y a besoin de ce sous-marin [machine lol], à quel point les gens du monde entier ont accès à reddit ou combien ils ont une barrière linguistique qui les empêche de faire partie de la communauté de jonglage en ligne. C'est une expérience, une offre.
Je suis moi-même allemand, bilingue français, anglais est ma troisième langue.
Je peux contribuer un peu en espagnol, italien, néerlandais.
J'ai eu des idées rudimentales du russe, arabe, grec. Je vais donc avoir besoin de l'aide d'une machine traductrice pour comprendre et traduire ces dernières et toutes les autres langues.
Je vais essayer de traduire au moins tous les postings-titres en autant de langues que possible. Mais j'éspère à ce que des utilisateurs en font de pareil, s'ils en ont envie.
Alors, bienvenue à toutes et à tous et bientôt un tas de jonglerie internationale ici!
Keine Peilung, ob Bedarf für das Sub is', wie viele Leute auf der ganzen Welt Zugang zu Reddit haben oder eine Sprachbarriere verhindert, dass sie Teil der Online-Jonglier-Community sind. Es ist ein Experiment, ein Angebot.
Ich selbst bin Deutsch, zweisprachig Französisch, Englisch ist meine dritte Sprache.
Ich kann ein bisschen auf Spanisch, Italienisch, Holländisch beitragen.
Bissel rudimentäres Russisch, Arabisch, Griechisch. Ich versuch', wenigstens die Titelposts in so viele Sprachen zu übersetzen, wie möglich. Wer selbst Böcke hat, .. nur zu!
Willkommen Allen und möge hier bald fleißig ´´international jongliert´´ werden!
どのくらい世界中の人々がredditにアクセスできるのか、言葉の壁がオンラインジャグリングコミュニティの一員になるのを妨げているのか、私はこのサブの必要性がどれくらいあるのか分かりません。それは実験、オファーです
私はドイツ語の母国語、バイリンガルなフランス語、英語は第3言語です
私はスペイン語、イタリア語、オランダ語で少し貢献することができます
私はロシア語、アラビア語、ギリシャ語
私は、少なくとも私が時間を見つけるように多くの言語にタイトルポストを翻訳しようとします。しかし、そのように感じるときにユーザーが同じように願うことを願っています。だから誰も歓迎し、まもなく国際的なジャグリングがあります!
나는이 하부 구조가 얼마나 필요한지, 전 세계의 많은 사람들이 reddit에 액세스 할 수 있는지 또는 언어 장벽이 온라인 저글링 커뮤니티의 일원이되는 것을 방해하는지 모릅니다. 그것은 실험, 제안입니다.
나는 네이티브 독일어, 이중 언어 프랑스어, 영어는 제 3 언어입니다.
나는 스페인어, 이탈리아어, 네덜란드어로 조금 기여할 수 있습니다.
러시아어, 아랍어, 그리스어에 대한 기초적인 통찰력을 가졌습니다. 그래서 그 언어와 다른 모든 언어를 이해하고 번역하는 데 기계 도움이 필요합니다.
나는 적어도 모든 제목 포스트를 내가 찾은 많은 언어로 번역하려고 노력할 것입니다. 그러나 그렇게 할 때 사용자가 비슷하게 해줄 수 있기를 바랍니다.
모두 환영합니다. 곧 국제적인 저글링이 곧있을 것입니다!
Я не знаю, сколько существует потребность в этом суб, сколько людей во всем мире имеют доступ к reddit или языковой барьер, который мешает им быть частью сообщества онлайн-жонглирования. Это эксперимент, предложение.
Я сам нахожу немецкий, двуязычный французский, английский - это мой третий язык.
Я могу немного поработать на испанском, итальянском, голландском.
У меня были рудиментарные взгляды на русский, арабский, греческий , поэтому потребуется машинная помощь для понимания и перевода этих и всех других языков.
Я попытаюсь перевести хотя бы каждый заголовок на столько языков, сколько найду время. Но надеюсь, что пользователи будут делать это одинаково, когда им захочется сделать это.
Так приветствую всех и, возможно, скоро будет международное жонглирование здесь!
Eu não sei o quanto há uma necessidade para este subconjunto, quantas pessoas em todo o mundo têm acesso a Reddit ou uma barreira de idioma dificulta a participação da comunidade de malabarismo on-line. É um experimento, uma oferta.
Eu mesmo sou alemão nativo, francês bilíngüe, o inglês é minha terceira língua.
Posso contribuir um pouco em espanhol, italiano, holandês.
Eu tinha idéias rudimentais para russo, árabe, grego , então precisará de ajuda da máquina para entender e traduzir aqueles e todas as outras línguas.
Vou tentar traduzir pelo menos cada título-publicação em tantas línguas quanto tempo eu encontrar. Mas espero que os usuários façam a mesma coisa quando eles sentem vontade de fazê-lo.
Então, seja bem-vindo a todos e, em breve, haverá malabarismo internacional aqui!
Jeg ved ikke, hvor meget der er behov for denne del, hvor mange mennesker over hele verden har adgang til reddit eller en sprogbarriere forhindrer dem i at være en del af online-jongleringssamfundet. Det er et eksperiment, et tilbud. Jeg selv er indfødt tysk, tosprogede fransk, engelsk er mit tredje sprog. Jeg kan bidrage lidt på spansk, italiensk, hollandsk. Jeg havde rudimental indsigt i russisk, arabisk, græsk, så vil brug for maskinehjælp til forståelse og oversættelse af disse og alle andre sprog. Jeg vil forsøge at oversætte mindst hver titel-post på så mange sprog som jeg finder tid. Men håber for brugerne at gøre det samme, når de har lyst til at gøre det. Så velkommen alle sammen og kan der snart være international jonglering her!
No sé cuánto hay que hacer para este submarino [tradució la máquina lol], cuántas personas en todo el mundo tienen acceso a reddit o una barrera del idioma que les impide formar parte de la comunidad de malabares en línea. Es un experimento, una oferta.
Yo soy alemán nativo, francés bilingüe, inglés es mi tercer idioma.
Puedo contribuir un poco en español, italiano, holandés.
Tuve conocimientos rudimentarios de ruso, árabe, griego , por lo que necesitaró ayuda de la máquina para comprender y traducir esos y todos los demás idiomas.
Trataré de traducir al menos todas las publicaciones de los títulos en tantos idiomas como encuentre tiempo. Pero espero que los usuarios hagan lo mismo cuando les apetezca hacerlo.
¡Bienvenida a todos y que pronto habrá malabarismos internacionales aquí!
submitted by 7b-Hexer to JugglingInternational [link] [comments]


2016.05.12 19:54 marcusbright Uma odisseia - Como consegui bolsas de estudo para os EUA, França & Austrália. Texto longo.

RESUMO:
Nasci em São Luís do Maranhão, e sempre quis trabalhar com cinema. Em 2010 consegui uma bolsa de estudos 100% para estudar em uma das 10 melhores escolas de cinema dos EUA. Em 2014 retornei para o Brasil, e voltarei para os EUA em Agosto para cursar Mestrado na mesma universidade, também com bolsa integral. Desta vez o plano é ficar por lá e conseguir residência fixa.
 
Sempre que falo que estudei nos EUA recebo as mesmas perguntas. Deixo aqui um apanhado das minhas experiências nos últimos 10 anos em relação à estudar fora. Já existem vários guias onlines sobre o assunto, mas são quase todos genéricos e não abordam as questões específicas. Por isso, vou ser bem detalhista neste relato, que deve fica bem longo.
Além do mais, muitas vezes a conversa online se resume em “Casei com uma Americana” ou “Tenho cidadania europeia.” O que, sejamos sinceros, não ajuda muito quem não tem essas coisas. O meu caminho foi o do estudo, e é um caminho que, em teoria, todos podem seguir.
 
Esse relato é específico para O MEU CASO. Você pode conseguir uma bolsa de um jeito COMPLETAMENTE DIFERENTE, que desconheço. Posto minha experiência aqui para servir como REFERÊNCIA de como foi que funcionou pra mim e como foi minha vida durante o processo. Também dividi o texto em seções para facilitar a leitura de quem procurar um assunto específico.
 
MEU BACKGROUND
Sou de família classe média, filho de dois professores. Então, até mesmo por influência dos meus pais, sempre tive um foco muito grande na minha educação. Sempre fui nerd. Gostava de ler e passava horas na Wikipédia caçando links e definições. Credito à essa curiosidade e vontade de ir atrás de informação todo o sucesso que tive na vida. Creio inclusive ser um perfil bem comum aqui no Reddit, visto que têm uma predominância muito grande de pessoas autodidatas, especialmente programadores, e pessoas que geralmente procuram se manter bem informadas.
Se você for rico, pra ser sincero, ir pra fora não é um problema. Existem mil maneiras. Entrar numa universidade qualquer lá fora não é difícil (com exceção das top, claro).
O difícil é pagar.
 
MINHA DECISÃO
Sempre quis fazer cinema. Sempre mesmo. Não tenho memória de nenhum momento na minha vida em que este não fosse meu sonho. Mas foi quando eu tinha uns 10 anos que concretizei meu objetivo: “Quero ser diretor de cinema”. Assistindo entrevistas com meus diretores favoritos na época, ficou claro que todos eles tinham feito curso superior na área. Nos anos seguintes, começei a ficar mais consciente dos cursos de cinema no Brasil, e os que mais me chamaram atenção foram os da USP e da FAAP, considerados os melhores do país. Mas algumas coisas me incomodavam no geral:
 
  1. Os cursos brasileiros eram em grande parte extremamente teóricos. Amo teoria, mas acredito que ela deve informar a prática e vice-versa.
  2. No Brasil, cinema tende a ser uma concentração nos cursos de Comunicação. Lá fora são cursos específicos de Cinema.
  3. Equipamento e instalações defasados.
  4. A indústria cinematográfica no Brasil não era praticamente nada comparada à de outros países.
  5. Aquele povo chato de humanas (sou de esquerda, mas pfv né?)
 
E, claro, eram todos cursos muito longe de São Luís, MA. Pensei: “Porra, São Paulo e Los Angeles são ambos longe pra cacete, vou tentar ir pra LA logo.”
 
ENSINO MÉDIO
Durante o EM, começei a focar minhas atenções acadêmicas no cinema. Começei a comprar livros e estudar muito a respeito de roteiro, decupagem, fotografia, edição, em fim, a me aprofundar no assunto.
Na escola, convenci minha professora de Redação a me deixar escrever roteiros de curtas ao invés daquelas redações insossas. Para minha surpresa, ela concordou.
Eu era muito caseiro e apegado à família. Quando expressei vontade de estudar fora, ambos meus pais acharam que eu devia fazer um intercâmbio de curta-duração antes, pra crescer um pouco e aprender a me virar sozinho.
No começo a gente ficou meio receoso do investimento, mas acabou que não foi tão caro e meus pais tinham um dinheiro guardado. Acabei concordando e fui parar no Kansas por um ano letivo.
Não tinha nada pra fazer no Kansas em termos de cinema. Mas fui bem na escola, e me dediquei muito à História Americana . Também participei de muitas atividades extracurriculares. Participei do clube de competição de trivia, robótica, estudos avançados, etc.
Também fiz o SAT e o ACT, que são os ENEMs americanos (ambos se focam em matemática e inglês) usados para ingressar nas faculdades. Fui medíocre em ambos. Fiquei no nível da média nacional.
Terminei o ensino médio no Kansas e voltei pro Brasil em 2008 com um diploma americano.
 
O PROCESSO
“E agora?”
Foi essa a pergunta que eu fiz. Estava de volta no Brasil, formado no Ensino Médio. Como chegar nos EUA?
 
OS OBSTÁCULOS
Comecei a entrar em sites de universidades americanas e me familiarizar com os termos, processos de admissão, assim como procurar as melhores escolas de cinema. Queria ter feito isso antes. Era tudo muito confuso. Termos como admissions, financial aid, scholarships, fellowships, tuition and fees, eram completamente estrangeiros pra mim.
 
Mas logo ficou claro que eu tinha dois obstáculos à superar:
 
  1. Ser aceito em uma boa escola de cinema.
  2. Pagar uma boa escola de cinema. A anuidade das grandes universidades giravam em torno de 40.000 dólares. O salário dos meus pais não chega nem perto disso, nem o que eu ganhava como freelancer. Eu precisava de uma bolsa 100% da anuidade, e as despesas pessoais (moradia, alimentação, transporte) a gente podia economizar durante um ano pra pagar.
 
Para deixar claro: o preço é esse mesmo, e hoje está até mais alto. E isso não é só pra estrangeiro não. Americanos também pagam essa soma ridícula. A diferença é que eles recebem bolsas do governo federal e podem tirar empréstimo estudantis com os bancos. Não é raro para os Americanos se formarem com dezenas (até centenas!) de milhares de dólares em dívida. De fato, essa é uma pauta cada vez mais quente, e muitos estão preocupados com essa bolha de empréstimos estudantil.
 
Nós, brazucas, não podemos receber auxilio federal e também não podemos tirar empréstimos nos bancos lá (a não ser que você tenha um fiador que seja cidadão Americano).
 
Eu não tinha nenhum fiador, e nem queria passar décadas da minha vida em dívida, então sobraram 2 opções:
 
  1. Conseguir uma bolsa 100% da própria universidade
  2. Conseguir uma bolsa 100% de instituições privadas.
 
CONSEGUIR BOLSA DA PRÓPRIA UNIVERSIDADE
Que eu saiba, todas as universidades americanas oferecem bolsas de estudos. Mas são majoritariamente bolsas parciais. Bolsas de 2, 5, 10 mil dólares. Bolsas integrais são o santo-graal das bolsas de estudos.
E aqui começa o primeiro empecilho sério pros brazucas.
Para ser considerado para bolsas de estudo, você precisa ser aceito na universidade.
Para ser aceito na universidade, você precisa provar que pode pagar por ela.
É isso aí, catch-22 total.
Você precisa provar pra escola que tem grana no banco suficiente pra te sustentar durante o primeiro ano de estudos (anuidade, estadia, alimentação, saúde). Isso é um requerimento do Departamento de Estado Americano. Só assim a escola pode te aceitar e emitir o I-20, documento que você leva na embaixada pra tirar o visto de estudante.
Já ouvi falar de gente que pede pra parente rico enviar um extrato bancário e coisas do tipo, só pra ser aceito e ser considerado pra bolsa. Eu não conhecia ninguém rico, e nem tenho a cara-de-pau de pedir algo assim.
 
Apenas 5 universidades são exceção. Atualmente estas aceitam qualquer estudante estrangeiro e se comprometem de cara a cobrir todos os gastos necessário para os estudos.
 
  1. Amherst College
  2. Harvard University
  3. Massachusetts Institute of Technology
  4. Princeton University
  5. Yale University
 
Estas são as cinco universidades que são need-blind e full-need para estrangeiros.
 
*Need-blind: não pedem prova de que você pode pagar.
*Full-need: se comprometem a cobrir toda sua necessidade financeira.
 
Infelizmente nenhuma destas universidades têm curso de Cinema. Então nem considerei.
 
CONSEGUIR BOLSA DE INSTITUIÇÃO PRIVADA
Se você não conseguir ser aceito com bolsa diretamente na universidade, a solução é ir procurar em instituições privadas.
Existem várias instituições com programa de bolsas. Desde empresas que financiam a educação para seus empregados e filhos de empregados, até fundações filantrópicas.
 
Aqui no Brasil, acho que a mais famosa é o Programa de Bolsas da Fundação Estudar: https://bolsas.estudar.org.b
 
O processo é muito chato e têm várias etapas. Entrevista por Skype, Entrevista em pessoa, Dinamicas de grupo (argh!), etc. É uma putaria sem fim. Sem contar que é tudo feito no eixo RJ-SP, ou seja, eu teria que pegar um vôo pra SP pra participar de cada etapa (que ocorrem ao longo de vários meses). Mas o que mais me irritou foi que não divulgavam os valores da bolsa. Podia ser integral, podia ser parcial. Mesmo que eu fizesse todas as etapas e ainda fosse um dos contemplados, ainda podia acabar com uma bolsa de só 20%. Ainda teria que arcar com o resto. Sem chance. Se você mora nessa região e não precisa se locomover muito para participar das etapas de seleção, pode ser uma boa. Eu nem tentei.
 
Outras fontes para encontrar bolsas são a Universia: http://bolsas.universia.com.b
O Rotary também oferece bolsas, mas não conheço detalhes: http://www.bolsas.academicis.org/2014/03/rotary-internacional-oferece-bolsas-de.html
 
E, finalmente, descobri o Programa de Bolsas do IBEU/IIE: http://portal.ibeu.org.bsou-ibeu/estude-nos-eua/ibeuiie/
 
O programa contemplava alunos de todas as áreas, guiava os alunos por todo o processo de admissão nas universidades, e articulava bolsas com as próprias escolas (hoje o site diz que são só bolsas parciais, mas tenho a impressão que é só para não dar falsas esperanças…)
O processo todo podia ser feito à distância, e eu só precisaria ir pro RJ para uma entrevista caso fosse um dos finalistas.
 
Ótimo. Me inscrevi.
 
Precisei enviar uma série de redações (essays) e testes acadêmicos. Listo abaixo cada dos itens.
 
  1. Study Objective: Esta é a sua Carta de Intenção. Você precisa delinear os seus objetivos acadêmicos. Qual curso quer fazer? Qual especialização? Por quê? Como você vai colocar esse conhecimento em prática na sua carreira? Você têm experiência relevante na área? Explique.
  2. Biographical Essay: Basicamente a história da tua vida. Onde você nasceu, seus pais, família, figuras que te influenciaram, eventos que marcaram sua vida e o tornaram a pessoa que você é hoje.
  3. Personal Essay: Essa é uma carta pessoal. O objetivo é mostrar para o comitê de seleção quem você é como pessoal, não aluno. Você pode falar de uma experiência importante na sua vida, um risco alto que você tomou, alguma questão local, nacional ou internacional que seja de grande importância para você; algum filme, livro ou obra de arte que deixou uma profunda marca em você, ou algum tópico de sua escolha.
  4. Cartas de recomendação: 3 cartas de professores, chefes de trabalho ou colegas de profissão.
  5. TOEFL: O teste de inglês usado para entrar em todas universidades americanas. Meu inglês já era fluente, mas precisei pegar um vôo para Belém para fazer a prova (não era realizada em São Luís).
  6. SAT: Esta prova eu já tinha feito no Kansas. Eu não tinha ido bem, mas não tinha grana pra fazer de novo. Custa caro. Então usei a minha nota baixa mesmo.
  7. 3 SAT SUBJECTs: Esta são provas complementares do SAT que se focam em diferentes disciplinas. Você precisa fazer 3 disciplinas. Tive que ir pra Brasília fazer estas... Escolhi fazer as provas de História Americana (achei que impressionaria o comitê), Biologia (meus pais são professores de biologia. Então foi sussa) e Espanhol (nunca tive aula de Espanhol. Mas depois de fazer um simulado percebi como a prova era fácil. Quase fechei. E fiquei parecendo trilíngue).
 
Depois de meses de ansiedade, recebi o e-mail comunicando que eu era um finalista e estava convocado para a entrevista no RJ.
 
Compareci à entrevista, super nervoso. Me perguntaram sobre várias coisas que mencionei nas redações, e no final me informaram que eu tinha feito tudo completamente errado na Personal Essay. Era pra escrever uma coisa pessoal mesmo, tipo, algo que você escreveria num diário ou uma carta para um amigo. Eu tinha escrito um ensaio sobre o status do cinema como literatura do séc XX… Eles me explicaram como era pra fazer e mandar de novo (e fizeram questão de dizer que acharam o ensaio muito interessante).
Na saida, retardado como sou, nervoso pra cacete, digo “Tchau. Boa Noite.” Era 1h da tarde.
 
Semana seguinte recebo a lista dos 15 selecionados, e vejo meu nome na lista. Aí começa o processo de seleção de universidade.
 
ESCOLHENDO A UNIVERSIDADE
O IBEU, que trabalha como representante do IIE (Institute of International Education), pede uma lista das universidades em que eu quero tentar ingressar. Eu, claro, dou a lista das melhores escolhas de cinema que conhecia. UCLA, USC, NYU e Columbia.
O IIE olha as minhas escolhas, olha as minhas notas, redações, testes, etc. e dá um parecer, tipo: “A USC é muito mesquinha com bolsas, e suas notas não são boas o suficiente. Ou, a NYU não dá bolsa nenhuma.”
 
Ao final, disseram basicamente que eu não tinha chances em nenhuma dessas escolas. Fiquei bem chateado. Mas eles ofereçeram uma lista de escolas mais de acordo com meu perfil, onde eu tinha mais chances de ser aceito com bolsa. Uma dessas escolas era a Chapman University, e procurando online logo descobri ser uma das 10 melhores dos EUA.
 
Acabei tentando minha sorte na Chapman e algumas outras de menos calibre. Acho que ao todo tentei em 6 universidades.
Fui aceito em 5 universidades, e recebi oferta de bolsas nas 5. Duas destas cinco eram 100% da anuidade. E uma destas era a Chapman. De longe a melhor escola na minha lista.
Foi assim que fui estudar cinema nos EUA em 2010. Ao todo, levei dois anos entre terminar o Ensino Médio e começar o Superior. Nesses dois anos, não tentei entrar numa escola brasileira e nem arranjei emprego fixo. Trabalhei em projetos pessoais e freelancer, fazendo curtas, escrevendo roteiros, editando projetos, construindo portfolio.
 
Reconheço que fui incrivelmente abençoado por pais que deixaram o filho passar DOIS ANOS seguindo um sonho impossível, e sei que nem todos têm esse privilégio. Se você ainda está cursando o EM, recomendo tentar já. O ciclo de admissões para as universidades Americanas leva o ano inteiro.
 
A FRANÇA ENTRA NA HISTÓRIA
Em 2010 começei meus estudos na Califórnia. Assim que cheguei na escola, percebi que ela tinha um programa de estudos no exterior muito forte. Cerca de metade dos alunos passavam pelo menos um semestre no exterior.
Conferindo a lista de programas e escolas parceiras, vi que a Chapman tinha parceria com uma escola em Cannes, na França. Um semestre, culminando com um estágio no Festival de Cannes. E o melhor, a minha bolsa da Chapman era transferível para a escola na França. Eu só precisava pagar a passagem aérea.
 
Conversei com meus professores e orientadores e tracei todas as disciplinas que eu cursaria em cada semestre ao longo de 4 anos. Queria garantir que passar um semestre no exterior não atrasaria minha graduação. Isso é importantíssimo, já que as bolsas Americanas são renováveis por no máximo 4 anos.
Planejei com 1 ano e meio de antecedência. Comecei a fazer aulas de Francês na própria Chapman (essas aulas contavam como optativas), e em 2012 fui pra Cannes falando um Francês intermediário-baixo. Passei 6 meses estudando um intensivo da língua, história da arte francesa, e viajando pela Europa.
 
DE VOLTA PARA OS EUA E PREPARAÇÃO PARA MESTRADO
Em Agosto de 2012 estava de volta na Califórnia.
À essa altura eu já estava pensando no que fazer após a graduação, já que o visto ia expirar e eu queria continuar nos EUA.
Não é fácil. Após a graduação você pode passar 1 ano numa autorização de trabalho provisória chamada OPT (Optional Practical Training). Basicamente, vc se forma e tem um ano pra adquirir experiencia de trabalho antes do seu visto expirar (2 anos em caso de ser aluno STEM).
Depois disso, pra continuar com visto de trabalho, vc precisa ter uma empresa disposta a te patrocinar e te contratar em tempo integral. É um processo caro e chato, então a empresa tem que gostar muito de você pra passar por isso. Cinema é uma área de freelancers. Então a possibilidade de conseguir uma empresa disposta a te contratar num salário fixo, em tempo integral, é muito baixa.
 
Ficou claro, por diversas razões, que é muito mais fácil conseguir isso se você tem um Mestrado, e ru já queria fazer Mestrado mesmo. Minha educação sempre foi motivo de orgulho e prazer, então um Mestrado sempre foi certeza.
 
Decidi: “Vou fazer Mestrado.”
À essa altura, eu precisava declarar uma concentração no curso de Bacharel. Uma especialidade (roteiro, fotografia, etc.) Era muito importante me formar em algo que serviria como BASE para desenvolver trabalhos numa pós. Isso é importantíssimos pros Americano. Se você quer fazer pós em Direito, por exemplo, faça graduação em Relações Internacionais, ou História, ou Literatura. Também era importante ser algo que eu pudesse usar para pagar as contas, fazer meus próprios filmes. Enfim, ser auto-suficiente.
 
Declarei meu Bacharel em Animação e Efeitos Visuais, com esperança de fazer Mestrado em Direção e Roteiro Cinematográfico.
A partir de então, eu fiz TUDO que pudesse para me tornar um bom candidato para curso de Mestrado. As famosas atividades extracurriculares. Escrevi críticas de filmes para o jornal da escola. Trabalhei como Supervisor de Efeitos Visuais em vários projetos de amigos (um inclusive venceu um BAFTA). Me inscrevi em um programa educacional da Chapman que me permitiu escrever um roteiro de longa metragem sob a mentoria de uma produtora vencedora do Oscar. Fiz disciplinas optativas em Lógica, Filosofia, História, Teoria do Cinema, Inglês, enfim, tudo tudo tudo. Fui tesoureiro de um clube acadêmico e ajudei a organizar eventos.
 
A FULBRIGHT
Em 2014 retornei ao Brasil. Foi uma decisão dificílima de fazer, e muitas vezes achei ter cometido um erro terrível. Qualquer pessoa com bom senso teria ficado nos EUA com o OPT e ralado para encontrar um emprego qualquer e torcer pra conseguir um visto. Eu nunca gostei de torcer pra nada, sempre minimizar o acaso. Achei que tinha mais chances de conseguir uma bolsa pra Mestrado do Brasil do que um trabalho nos EUA.
A minha grande esperança era a Bolsa Fulbright: http://fulbright.org.bbolsas-para-brasileiros/
Pra quem não sabe, o Programa Fulbright é o mais prestigioso programa de bolsas dos Estados Unidos. Eles dão bolsas para Americanos estudarem fora e para estrangeiros estudarem nos EUA. 54 bolsistas chegaram a ganhar o Prêmio Nobel. 82 chegaram a levar o Pulitzer.
A Fulbright têm um programa específicos para Brasileiros que querem cursar Mestrado em Cinema nos EUA. O processo é praticamente idêntico ao do IBEU (ambos são coordenados pelo IIE). Esse programa era meu alvo.
E o melhor, a Fulbright oferecia, em conjunto com a CAPES, além da anuidade: seguro saúde, transporte aéreo e bolsa manutenção. É o sonho.
Então enviei minha inscrição pra Fulbright.
 
Não passei nem para as etapas finais. Fui eliminado quase de cara.
 
Passei duas semanas deprimido. “Voltei pro Brasil só pra conseguir essa bolsa e falhei.” Encarei a realidade. Tinha perdido minha chance de ficar nos EUA. De volta à estaca zero. Me mudei para São Paulo pra tentar tocar a vida como animador ou algo da área.
Ao mesmo tempo, comecei a procurar programa de bolsas para terminar meus estudos em outros países. Depois de ver a qualidade do ensino lá fora, não queria mesmo estudar cinema no Brasil.
 
PRÊMIOS CHEVENING, ENDEAVOUR & ORANGE TULIP
Como os EUA têm a Fulbright e o Brasil tem a CAPES, imaginei que outros países deviam ter orgãos similares. Fui procurar e descobri que o Reino Unido tem o Chevening Award, a Austrália têm o Endeavour Award, e a Holanda têm o Orange Tulip.
Todos são basicamente a mesma coisa. O mesmo tipo de processo. Bolsas de Pós para facilitar o enriquecimento mútuo entre ambas nações.
 
O Chevening Award requer uma experiencia prévia muito grande na área de trabalho, e eu era apenas um recém-formado. Como a Fulbright, cobre praticamente tudo, incluindo ajuda de custo para materiais acadêmicos, custo da tese de mestrado, taxa do visto e alojamento, entre outros. http://www.chevening.org/brazil
 
O Orange Tulip é um pouco mais limitado. Criado em 2012, o programa oferece bolsas com valores fixos para cursos e disciplinas pré-aprovados. https://www.nesobrazil.org/bolsas-de-estudo/orange-tulip-scholarship
 
O Endeavour Award é diferente. Aceita alunos de todas as áreas. Alunos de curso profissionalizante recebem 50% da anuidade. Alunos de curso de Mestrado ou Doutorado recebem 100% da anuidade. Todos recebem passagem aérea, ajuda de custo de alojamento, bolsa manutenção (3.000 dólares por mês), seguro saúde e seguro viagem. https://internationaleducation.gov.au/Endeavour%20program/Scholarships-and-Fellowships/Pages/default.aspx
 
Mandei minha inscrição para a Endeavour, listando todas aquelas atividades extracurriculares que realizei, meus projetos, honras, prêmios, etc. Qualquer crédito que eu tivesse. E comecei a rezar.
5 meses depois recebo a notícia: Consegui a bolsa de 50% para um curso profissionalizante.
 
UM PRÊMIO MUDA TUDO
Pouco antes de receber a notícia da Endeavour, recebi outra notícia boa: O filme que fiz como TCC no curso na Chapman havia vencido um prêmio importantíssimo. Com esse prêmio, a Chapman me ofereceu outra bolsa integral para voltar e realizar meu Mestrado lá.
 
E isso me forçou a fazer certas escolhas difíceis. Agora eu precisava escolher entre voltar pros EUA, prum curso ótimo, mas custo de vida alto, ou pra Austrália, prum curso relativamente fraco, mas com bastante ajuda de custo.
 
Eu não queria voltar pra Chapman pro meu Mestrado. Até por pura questão de experiência, eu queria explorar um ambiente novo.
Mas…. beggars can’t be choosers. Além do mais, eu já tinha uma base na Chapman, de amigos, professores, administradores, reitores, que seriam uma imensa ajuda na hora de conseguir um emprego e conseguir um visto ou green card.
 
Por isso, rejeitei a oferta da Endeavour e aceitei a da Chapman.
Volto pra lá em Agosto pra começar meu Mestrado em Direção Cinematográfica.
 
E é isso.
 
CONCLUSÃO
Ufa! Não achei que fosse ser tão longo.
Ao longo desses anos, 3 coisas foram essenciais e me permitiram aproveitar as oportunidades quando estas apareciam.
 
  1. Planejar a longo prazo
  2. Apoio dos pais para me concentrar 100% nesses objetivos. Tive o luxo de não ter outras preocupações.
  3. Uma sede de informação. Foram muitos, muitos e-mails, sites e ligações telefônicas pra conseguir toda essa informação.
 
É possível que algumas coisas não estejam tão claras no texto quanto estavam na minha cabeça. Vou deixar o post aqui e continuar respondendo caso haja mais duvidas. Qualquer coisa edito o post pra atualizar.
submitted by marcusbright to foradecasa [link] [comments]


2016.03.30 07:30 not_from_this_world Fui banido do /r/brasil por escrever textos muito longos e esgotar a paciência dos mods, onde está a minha vaga de moderador?

Chegamos ao fim, minha gente. Apenas por escrever algumas palavras aqui e ali me tiraram o direito sagrado de comentar naquele sub. Não há mais o que fazer nas minhas horas vagas. Estou sem rumo, desnorteado, visitando a wiki-pédia e clicando em random article. O banimento contudo foi apenas de efeito moral. Ainda me estão abertas todas as vias de fato para utilizar essa ferramenta magnífica e fazer ver minha escrita naquele sub.
Mas agora se você se pergunta então porque eu vim aqui escrever isso. É que exitem algum fatores complicadores. O cuidado em identificar pontos críticos na constante divulgação das informações possibilita uma melhor visão global do sistema de participação geral. Isso não ocorre só naquele sub mas em outro lugares também. As experiências acumuladas demonstram que a consulta aos diversos militantes ainda não demonstrou convincentemente que vai participar na mudança do retorno esperado a longo prazo. Ainda mais num período como o nosso de governo fragilizado.
Eu sinto que as coisas mudaram, a revolução dos costumes estende o alcance e a importância das diretrizes de comportamento para o futuro. No mundo atual, o fenômeno da Internet prepara-nos para enfrentar situações atípicas decorrentes dos acontecimentos de alcance mundial como os atentados em Paris e na Bélgica.
Aliás, a origem da expressão "terrorismo" vamos encontrá-la no latim: terrere (tremer) e deterrere (amedrontar). Assim, fazer tremer e amedrontar são as motivações que fundamentam as ações terroristas. O professor Celso"de Albuquerque Mello nos ensina que o terrorismo implica "técnicas de grupos que contestam o sistema, visando geralmente à mudança de governos, ou é usada por aqueles que pretendem chamar atenção da opinião pública para determinado fato, ou ainda por aqueles que pretendem defender o sistema vigente". Apesar de tudo o que já se fez pela paz, parece inevitável a constatação de Berthand de Jouvenel de que "nosso século é aquele da técnica terrorista" e de que o melhor que "os Estados têm a fazer para se proteger é combater a violência através da cooperação internacional". As reflexões de B. de Jouvenel, datadas do século XX, são extremamente oportunas para este que se inicia. Para Raymon d'Aron, a "ação terrorista é aquela cujos efeitos psicológicos são desproporcionais aos resultados físicos". Revisitar algumas definições nos leva a identificar as características do ato terrorista, quais sejam: a. imprevisibilidade; b. arbitrariedade; c. as vítimas não têm os meios de evitar; d. amoralidade na intenção (não leva e m consideração os argumentos humanitários).
Schwarzenberger destaca o fato de que não podemos confundir atos de "guerrilha" com "terrorismo" Segundo ele, "os terroristas atuam, às vezes, individualmente, utilizam a força de modo indiscriminado e excessivo, e os atos terroristas não criam, no mais das vezes, guerras internas" Por outro lado, "guerrilheiros são aqueles que pensam primeiro em termos militares, atuam em grupo e seus atos implicam, quase sempre, em guerras internas". Com o se vê, o terrorismo implica ato cruel, que não deixa à vítima ou vítimas possibilidade de defesa ou proteção frente à sua arbitrariedade e imprevisibilidade.
A década de 30 foi importante para que a questão do terrorismo entrasse para a pauta dos temas importantes da ordem jurídica internacional. Dois fatos comoveram a comunidade internacional: os assassinatos do rei Alexandre da Iugoslávia e de Luis Barthon, ministro das Relações Exteriores da França. A partir destes acontecimentos, o Direito Internacional, como bem demonstrou Geraldo Eulálio do Nascimento e Silva passou a construir um a nova teia de proteção e prevenção contra atos de terrorismo, e a cooperação internacional passou a ser a palavra de ordem. Sob esta perspectiva é firmada a Convenção de Genebra, de 1937, para a Prevenção e Repressão do Terrorismo. Nela estão definidos como atos terroristas os atos criminosos dirigidos contra o Estado, os crimes contra a vida, integridade, saúde e liberdade, assim como os fatos internacionais que causam danos públicos, e também fabricar e fornecer armas. Esta Convenção representou u m marco no Direito Internacional contra o terrorismo.
Em 1971, a Organização dos Estados Americanos elaborou a Convenção Para a Prevenção e Repressão de Atos Terroristas, ratificada pelo Brasil, como se verá mais adiante. Em 1973, já sob os auspícios da ONU , é celebrada a Convenção Para a Prevenção e Repressão do Terrorismo - outro marco fundamental, cuja importância dispensa ulteriores comentários depois do estudo lapidar feito por Luigi Migliorino nos anos 90. Em 1976, estimulando também outros países, os EUA promulgaram o Act for the prevention and punishement of crimes against internationally protected persons, o qual prevê pena de vinte anos para quem praticar atos terroristas. Em 1977, o Conselho de Europa, frente o número expressivo de sequestros de diplomatas, traz novos princípios de repressão ao terrorismo. Por falar em Europa, estive me aventurando por alguns pratos europeus nesse final de semana, em especial uma Paella. Aqui vai a receita que eu usei:
A família adorou. Espero que vocês também gostem.
Era isso.
edit: tinha algumas bobagens, achei melhor resumir.
submitted by not_from_this_world to circojeca [link] [comments]


Pronombres Complemento Directo e Indirecto / Pronombres ... Las oraciones impersonales - YouTube Presentarse en español - Dar y pedir información personal ... Emma..nuelle 2 (1976 film)-Sylvia Kristel - YouTube Los Verbos: Formas Personales y Formas No Personales Formas no personales del verbo - YouTube How to Use Personal Pronouns or Pronombres in Spanish ... La Eduteca - Los pronombres personales - YouTube You Know You're Dating a Spanish Woman When... - YouTube Pablo Alborán - Perdóname - YouTube

Pronombres Personales en español - Subject Pronouns in Spanish

  1. Pronombres Complemento Directo e Indirecto / Pronombres ...
  2. Las oraciones impersonales - YouTube
  3. Presentarse en español - Dar y pedir información personal ...
  4. Emma..nuelle 2 (1976 film)-Sylvia Kristel - YouTube
  5. Los Verbos: Formas Personales y Formas No Personales
  6. Formas no personales del verbo - YouTube
  7. How to Use Personal Pronouns or Pronombres in Spanish ...
  8. La Eduteca - Los pronombres personales - YouTube
  9. You Know You're Dating a Spanish Woman When... - YouTube
  10. Pablo Alborán - Perdóname - YouTube

Las oraciones impersonales . Si quieres practicar lo que has aprendido en este vídeo puedes descargarte ejercicios con sus soluciones en http://www.unprofeso... Aula de Espanhol sobre: Pronombres Complemento Directo e Indirecto, sendo o conteúdo classificado para o 8º ano do E.F. ***Link para atividade sobre Pronombr... This is part of our beginner Spanish lesson serious. Maria is a Colombian Spanish teacher, that is teaching Cody who is a native English speaker, how to spea... Las formas no personales del verbo: Infinitivo, gerundio y participio. Agréganos en Facebook: https://www.facebook.com/humanidadesyliteratura Síguenos en Twi... Presentación para aprender a pedir y dar información personal en español de manera formal e informal. -- Actividades online: https://goo.gl/nRDjSc Creado por... μακάριοι οι φτωχοί του έρωτα..... Vídeo del área de LENGUA CASTELLANA sobre los pronombres personales. CONTENIDOS: - Los pronombres personales. - Clases de pronombres personales. - Formas de ... Hazte ahora con su álbum pinchando aquí: http://itunes.apple.com/es/album/pablo-alboran/id415622510 En este vídeo vamos a aprender cuales son las formas personales y las formas no personales de los verbos. También se incluye un esquema/resumen y actividades... She might be late, loud and strong-willed.. What it's like to date that Spanish woman, hombreee. Behind the scenes, dating tips and Google Hangouts HERE: htt...